Gêmeas

mar1

3

Se quem procura acredita e merece, encontra o que está buscando.

“A história das gêmeas Suzane e Beatriz, cheia de aparentes coincidências impossíveis e inexplicáveis, leva-nos a compreender que existe um sistema inteligente de leis que rege nosso destino.  Essa história nos ajuda a compreender que nossas ilusões do mundo nos cegam e nos distanciam dos verdadeiros valores da vida.  Nossos caminhos se entrelaçam nos levando a experiências que nos revelam a certeza e a perfeição de tudo.”

Mônica de Castro


Editora Vida & Consciência

Ano de lançamento: 2009

Páginas: 508

Formato: brochura e pocket


CURIOSIDADES:

Ano em que escrito: 2007

Ordem em que escrito: 15º

Ordem em que editado: 11º

Título original: As Gêmeas


Leia um trecho do livro:

“Nem teve tempo de cruzar o portal.  Um estampido seco ecoou pelo quarto, e uma bala veloz o atingiu por trás, na altura do pulmão.  Roberval estacou a meio, levou a mão às costas, tentando alcançar o foco da queimação, quando novo estampido se ouviu, e outra bala o atravessou impiedosamente, fazendo-o tombar de borco, a boca escancarada e os olhos abertos para a morte.

–     Não! – berrou Severina do leito, tentando se levantar. – Não!  Roberval, não!

O homem virou para ela o revólver, mas Leocádia o segurou pelo cano, evitando olhar a outra sangueira que empapava a camisa de Roberval.

–     Não precisa.  Ela não vai sobreviver.

Ele a fitou em dúvida, mas a mulher fez um sinal afirmativo com a cabeça, e ele guardou a arma.

–     Vamos embora daqui – ordenou assustada.

Saíram apressados, com Leocádia atrás deles.  Protegendo os bebês da chuva, entraram num carro e sumiram na estrada lamacenta, ao mesmo tempo em que Severina, sentindo o sangue entalado na garganta, tossiu várias vezes e vomitou, virando o corpo para o lado e despencando da cama de palha.  Silenciou.”


Assista um pequeno vídeo promocional:




Interessou?

curtir facebook

loja virtual

Comentários dos usuários(3):(incluir comentario)

  1. Bernadete Gregolin em 02 de outubro de 2011, disse:

    Olá,
    Moro em Barra do Bugres. Estou lendo seu livro Gêmeas agora, pois me chamou atenção na banca por falar de minha cidade. Sou católica, porém gostei de sua mensagem.
    Apesar de no livro, nossa cidade aparecer como um lugar “perdido no interior de MT”, achei legal um livro que a cite. Vou ajudar a divulgar seu livro, apesar dele já ter sido citado como um dos mais vendidos, somente agora tomei conhecimento.
    Hoje, Barra do Bugres continua uma pequena cidade (32.000 hab.), porém é interessante. Temos pontos turísticos interessantes, aldeia indígena próxima ä cidade (Indios Umutinas),primeira universidade indígena do Brail,primeira usina de biodiesel. Venha nos conhecer algum dia. Afinal, como você disse, “nada é por acaso”.
    Abraços,
    Bernadete

  2. Wiltencleide em 14 de janeiro de 2012, disse:

    Gosto muito de ler romances espiritas e conheci o seu trabalho através desta linda obra chamada Gemeas, ganhei de aniversário a dois anos atras, o que me chamou atenção é que na epoca, minha sobrinha tinha sofrido um aborto espontaneo e havia sofrido mto com a perda pois ara seu primeiro filho,e ficou sabendo em sua primeira utra-som, logo em seguida ela ficou gravida e qdo fez a a utras-som descobriu que estava gravida de gemeas, hj (14/01)elas estão completando 11 meses e são mto peraltas,trouxe mta alegria a nossa familia.

  3. Fabio em 13 de junho de 2012, disse:

    Esse livro também foi excelente, como os demais.
    Realmente com essa obra pode-se afirmar que não se separa o que a vida juntou.
    Excelente livro mesmo.
    Parabéns Mônica e Leonel

Comentar: