Fevereiro/2013

abr28

0

Pequenas mensagens para reflexão diária.

O mal é pura ilusão. Deus, que é a única verdade inalterável de todos os mundos, é bom em sua essência, logo, o mal não pode ser real. Quem pratica o mal se ilude, achando que tem o poder quando, na verdade, está criando seu inferno pessoal, que é a própria consciência. Desapegue-se de mais essa ilusão. Não pratique o mal, não acredite no mal, não dê força a ele fazendo comentários que o enalteçam. Fale do bem, exalte as coisas boas, faça sempre o bem a quem quer que for, inclusive e, principalmente, a você mesmo. Essa é a verdade que fica e faz o mundo melhor.

*****

Não se culpe por estar triste, com raiva ou desanimado. Não pense que você é o único. Não negue suas emoções, porque isso cria uma aura de mentira ao seu redor que só faz sofrer. A melhor coisa é aceitar os sentimentos ruins, vivenciá-los e buscar entendê-los, para só então partir em busca da transformação. Pode até parecer que isso nunca irá acontecer, mas acredite, sofrer cansa. E quando o cansaço vem, vem com ele o desejo de mudança. A vida nova só acontece depois que a antiga se despede. Despeça-se de suas amarguras, raivas e ressentimentos, mas somente depois que desgastá-los e amadurecer o próprio espírito. Aí, sim, você estará pronto para preencher o vazio que vai ficar com sentimentos novos, muito mais saudáveis, verdadeiros e felizes.

*****

Um espírito leve não se agrilhoa às ilusões do mundo. Não se torne dependente dos seus desejos. Vivencie-os, na medida do possível, mas tenha-os sob controle. Você é quem deve dominar seus desejos, não o contrário. Quem vive sob o domínio dos desejos não é senhor da própria vontade e sofre, porque nem sempre se pode ter tudo o que se quer. Ter desejos não é ruim. O que é ruim é escravizar-se a eles. Não faça isso. Seja livre e dono de si mesmo.

*****

Nunca se canse de perdoar, porque o perdão não se esgota quando é exercido. Ao contrário, quanto mais perdoamos, mais fazemos crescer a nossa capacidade de tolerar e compreender. Não multiplique as ofensas devolvendo-as a quem o ofendeu. Isso vira um caminho sem fim, não acaba nunca. Liberte-se de ressentimentos, ódios e desejos de vingança. Não se melindre à toa. Perdoe. Só vai lhe fazer bem.

Comentários dos usuários(0):(incluir comentario)

Ainda não há comentários

Comentar: