Outubro/2011

nov15

0

Pequenas mensagens para reflexão diária.

A chegada de um novo tempo é visível. Ninguém pode negar que o mundo está mudando. Esta é a nossa última chance nesse planeta. Muitos não acreditam nisso e insistem em levar suas vidas como se a única coisa realmente importante fossem seus próprios prazeres. Quanta ilusão! É hora de investir no autocrescimento para nos tornarmos pessoas melhores a cada dia. Aqueles que insistirem na posição egoísta e egocêntrica, voltados apenas para si mesmos, caminham de encontro ao sofrimento. Vamos usar a inteligência a nosso favor e optar pelo caminho da iluminação. A chance é para todos, mas somente aqueles que realmente conseguirem a modificação interior é que estarão na vanguarda de um novo mundo. Pois, como está no Evangelho, “muitos serão os chamados, mas poucos os escolhidos”. A escolha é nossa. Faça a sua com sabedoria.

*****

Não se canse de perdoar. Esse é um bom momento para você se reconciliar com o seu próximo. Não queira prosseguir na vida levando nos ombros o peso da mágoa ou do rancor. Não existe crime ou ofensa que não mereça perdão. O que existe é a dificuldade de se desapegar do orgulho e perdoar. Faça do perdão um exercício diário. Mesmo que no começo seja difícil, não desista. Todo ser que perdoa faz um bem a si mesmo em primeiro lugar. Não hesite nem relute: perdoe.

*****

Toda forma de abandono é dolorosa e mesquinha. Crianças, idosos, doentes ou animais, nenhum ser deve ser abandonado. Não importa o que cada criatura tenha feito no passado. O que importa é sua fragilidade no presente. Seres indefesos precisam de proteção e carinho. Para protegê-los, basta amá-los. Nunca se esqueça de que você poderá se ver na mesma situação no futuro. E se isso, um dia, realmente acontecer, pense: como gostaria de ser tratado? Trate da mesma forma os que precisam ou dependem de você.

*****

Pedimos a São Francisco de Assis que derrame sobre os animais da Terra partículas de luz e de amor, para que eles sejam sempre amparados e protegidos, tratados com respeito e dignidade. Que São Francisco esteja em cada lar, em cada rua, em cada canto do mundo tocando o coração dos homens para que, em suas relações, compreendam e aprendam a respeitar todas as formas de vida, porque só assim nos tornaremos seres humanos melhores. Amem os animais como amam a vida.

*****

Todas as mulheres que são mães escolheram ter filhos. Mudar de ideia no meio do caminho pode até ser válido, mas não é o mais adequado. Se a criança não é bem-vinda, é porque o amor não foi conquistado e o egoísmo ainda é o que a move. Não se culpe por isso nem deixe para lá. Procure se acertar com o ser que você aceitou para amar. Pode até parecer difícil no começo, mas tudo se supera. Não existe presente de Deus maior do que um filho. Aceite o seu, cuide dele, enfrente as dificuldades com fé e esperança no futuro. Mais tarde você terá a recompensa da vida, quando seu filho for o maior ou único amigo que você tiver. Eu amo o meu filho. Ame o seu.

*****

Todo esporte deveria cumprir uma função social, aproximando pessoas diferentes para uma convivência harmoniosa. Infelizmente, não é isso que acontece. O que vemos constantemente são brigas originadas na rivalidade entre os times de futebol. Não se deixe levar por essa ilusão. Não coloque o fanatismo acima dos valores morais. Todo torcedor é igual, possui os mesmos direitos e torce com a mesma euforia. O que difere um do outro é o lugar que ambos ocupam na torcida. Ser adversário não significa ser inimigo. É só um estado transitório e limitado ao gramado. Ninguém deve machucar seu irmão só porque ele optou por um caminho diferente. Afinal, se não existisse o time adversário, não existira jogo nem emoção. Cultive a paz nos estádios, cultive a paz em sua vida.

*****

Os vícios aprisionam, limitam, destroem. Não apenas os físicos, como cigarro, drogas e álcool, mas também os vícios morais, que podem ser tão ou mais difíceis de combater. Falar mal é um vício, assim como criticar ou mentir. Para nos livrarmos deles, precisamos ser sinceros e refletir sobre as nossas atitudes. É necessário o desejo de transformá-los. Isso só se consegue com o exercício diário, esforço e paciência. O principal é começar. Comece agora a se livrar dos vícios. Deixe passar a fofoca, silencie se não pode dizer a verdade, procure ver o lado bom das pessoas. Fazendo isso diariamente, aos poucos, os vícios se transformarão em virtudes.

*****

Valorize a amizade. Amigos verdadeiros são tesouros conquistados para sempre. Tudo na vida passa: fama, dinheiro, amores. A amizade sincera fica e persiste para além dessa vida. Um amigo nunca é esquecido nem nunca nos esquece.

*****

Nessa época de proximidade do dia das crianças, pensando em eleger um personagem da história infantil, escolhi o Pinóquio. Partindo da ignorância, ele passou pela perda da inocência, escolheu seus próprios caminhos no mundo, agiu conforme sua maturidade, teve humildade para reconhecer suas ilusões, aprendeu os valores realmente importantes da vida e, ao final, com uma pequena ajuda, teve a recompensa: reconheceu a humanidade que já existia dentro dele mesmo. Acho que é um bom exemplo para a gente seguir.

*****

Existem pessoas que não acreditam que, persistindo no egoísmo e na materialidade, perderão o direito de habitar este mundo. Eu acredito e estou fazendo algo a respeito: vou pulverizando meus vícios interiores.

*****

Sinceridade nunca é demais. Quando a sinceridade agride, trata-se de vingança ou arrogância disfarçada. Para ser sincero, basta dizer a verdade por amor à verdade que esclarece e conforta, não para humilhar nem tripudiar. Consultemos o coração antes de dizer o que pensamos. Dependendo do que se revelar nossa real intenção, o melhor é silenciar.

*****

Quando nos modificamos para fazer bem ao nosso próximo, na verdade, estamos promovendo o nosso crescimento. O outro é o nosso espelho, portanto, façamos nele refletir a melhor imagem de nós mesmos.

*****

Não permita que os desejos dominem a sua vida. Ser escravo dos desejos gera decepção e dor. Quando a alma busca a satisfação desenfreada de todos os desejos, afasta-se de sua essência divina e envereda pelo tortuoso caminho da ilusão. Saiba valorar cada escolha, desfrute dos prazeres da vida com ponderação e equilíbrio. Eles são importantes, mas não são o mais importante. Nada se compara ao amor, à amizade e ao perdão. Valorize cada um desses sentimentos acima de qualquer desejo que você possa ter.

*****

Deus habita o coração de todo homem. Não existe criatura que não possua sua centelha. O que há são pessoas iludidas que não conseguiram ainda fazer brilhar a chama da divindade dormente em si. Deus não nos pune nem julga, muito menos nos abandona nem nos volta as costas. Como poderia, se ele é parte de nós, e nós somos parte dele? Deus simplesmente nos ama, e quanto mais nos amarmos, mais próximos estaremos de nos unir a Ele.

*****

Assumir que não é perfeito é o primeiro passo para chegar à perfeição. Quem pensa que não comete erros deliberadamente se ilude, sabotando as oportunidades de crescimento individual e dificultando a marcha do progresso próprio.

*****

Todos temos a nossa tarefa no mundo. Ninguém veio aqui a passeio, mas a trabalho. Não exatamente o trabalho que é a fonte da sobrevivência, mas aquele desenvolvido em favor do bem comum. Pode ser a maternidade, o sacerdócio ou um bom ouvinte. Não importa. Sempre que alguém estiver contribuindo para o crescimento ou bem-estar seu e do próximo, estará realizando seu verdadeiro trabalho no mundo. Cabe a cada um de nós descobrir onde está o seu.

*****

Não se deixe levar pela fatalidade. Coisas ruins acontecem todos os dias, a todas as pessoas. Na verdade, elas não são realmente ruins. São experiências que precisam ser vividas, escolhidas para o aprimoramento do ser. Não se revolte, não se desespere. Confie na sabedoria e no amor divinos, que sempre se revelam para o nosso bem.

*****

Temos a mania de valorizar o que não possuímos. O que nos falta, geralmente, é o que mais nos interessa. Está na hora de modificarmos esse pensamento e dar valor ao que temos. Isso não significa que devemos ser conformistas e aceitar nossas carências. Todo mundo tem o direito de tentar melhorar, seja em que aspecto da vida for. O que não podemos é pensar que o que é do outro é o melhor. Não é, simplesmente porque é do outro, não nos pertence. Sempre que desejarmos algo que não possuímos, lutemos para conquistá-lo, mas sem desmerecer o pouco que já é nosso. Isso vai evitar inveja e frustração.

*****

Nunca pense que o mal venceu na sua vida. O mal é sombra, e toda sombra tem a sua contraparte luz. Portanto, do outro lado, existem coisas boas que ainda não se revelaram. E se você consegue reconhecer a sombra, também tem capacidade para encontrar a luz. Acredite nisso.

*****

Não coloque no outro a razão do seu infortúnio. Tudo o que nos acontece é gerado pelas nossas próprias atitudes. Se a causa não está nessa vida, com certeza, está numa vida passada. Também não precisa se sentir culpado e aceitar tudo, achando que merece sofrer. Ninguém precisa disso. Simplesmente aceite-se do jeito que é, reconheça suas limitações, assuma cada uma de suas atitudes. Assim como buscamos experiências difíceis, nosso bom astral é capaz de atrair situações agradáveis. Tudo é uma questão de magnetização. Aprenda a magnetizar coisas boas, sentindo coisas boas também.

*****

Muitos males podem ser evitados seguindo-se uma regrinha bem simples: respeito. Faça do respeito o seu lema de vida e viva com a liberdade daqueles que não têm nada a temer.

*****

Todo mundo precisa de carinho. Isso não é fraqueza nem covardia. É só uma necessidade das criaturas que vivem e nem é privilégio do ser humano. Não se envergonhe: peça carinho àqueles que gostam de você. Vai ser um alívio para suas tristezas, um conforto para as dores e a solução de muitos problemas.

*****

A melhor hora para a gente começar a mudar é agora. Não deixe para a outra vida o que pode concluir nesta.

*****

Antes de dizer “nunca” e “sempre”, pense bem. São palavras que quase sempre se enganam, transformando o tempo em mentira, desânimo ou decepção. Só há duas coisas certas quanto a elas: nunca é tarde e sempre é possível.

*****

Não pense que tudo na sua vida está errado só porque alguma coisa não deu certo. Acredite que tudo acontece para o nosso bem, e se algo não saiu como você queria, é porque coisas melhores surgirão lá na frente. Importante é não desistir, confiar e acreditar que o futuro sempre será melhor.

*****

A honestidade há de ser praticada em todos os momentos, independentemente de haver ou não um observador. Muitas pessoas agem corretamente apenas quando alguém está olhando, mas são desonestas quando acreditam que estão sozinhas. São aquelas que batem no carro que está estacionado e vão embora, que furtam pequenas coisas no almoxarifado do trabalho, que quebram o objeto do companheiro e colocam as peças juntinhas, para se partiram na mão de outra pessoa. Nada disso é honesto, não importa que ninguém esteja vendo. A honestidade é virtude que deve ser exercida na intimidade de cada indivíduo, pois nada escapa ao conhecimento de Deus nem aos olhos da própria consciência.

*****

Beleza física não é fundamental. Todo mundo quer ser bonito, isso não é nada demais. Arrumar-se, vestir-se bem, enfeitar-se, tudo isso é saudável e eleva a autoestima. Contudo, existem coisas muito mais importantes e que quase ninguém observa. Os valores morais hão de estar sempre acima de tudo. Valorizar mais ou apenas o exterior revela um temperamento fútil e traz decepção. Cada um está crescendo no seu ritmo próprio, e ninguém pode ser culpado por ainda priorizar as futilidades. Mas não se trata disso. Trata-se de saber onde se pretende estar: no círculo vicioso da ilusão ou na esfera verdadeira do amor.

*****

O maior ato de amor que podemos praticar conosco é o perdão de nossos próprios erros.

*****

Ultimamente, as notícias não têm sido muito animadores. Guerras, catástrofes, acidentes, tudo nos faz pensar que o mundo está perdido. Mas não, não está. Nem vai se perder. Pode ser que alguns se percam da rota deste mundo, atraídos pela atmosfera mais densa de planetas mais primitivos. Você não quer ser um desses, quer? Então, toda vez que ouvir uma notícia ruim, vibre o pensamento oposto. Para cada ato de guerra, irradie paz; para as catástrofes, pense na natureza em harmonia; para os acidentes, imagine viagens serenas. E como refletir nunca é demais, pense nas suas atitudes e esforce-se para modificar aquelas que você acha que não fazem bem a você nem a ninguém. O mundo precisa de pensamentos bons. De coisas ruins, os jornais já estão cheios.

*****

Não devemos nos apressar em julgar ninguém. Não temos esse direito. Quando nos vemos diante de situações que nos parecem inadequadas, fazemos logo um julgamento, na maioria das vezes, sem conhecer o que se passa realmente. Julgamos pelas aparências o que está oculto dentro de nós. E as coisas nem sempre são aquilo que parecem. A primeira impressão não é a que deve ficar, mas a que deve ser sempre questionada por nós.

*****

Só não se tornará idoso quem morrer na juventude. Trate bem os idosos, com amor, paciência e respeito. Será esse o retorno que, mais tarde, você receberá da vida.

*****

A morte não é o fim. Muito menos o princípio. É apenas a continuidade de uma vida que se iniciou muito antes do que nossas lembranças podem alcançar. Diante da morte, o temor é quase certo, mas a alma preparada a enfrenta com confiança e a certeza de que o que foi não se perderá nem será deixado para trás. Continuar a viver é como nunca morrer de verdade.

*****

Nós somos seres criados à imagem e semelhança de Deus. Isso não quer dizer que Deus é fisicamente parecido conosco, o que seria impossível, dada Sua natureza amorfa, de energia pura de amor. Somos a imagem de Deus porque a divindade habita dentro de nós; Sua centelha nos anima, nos dá vida e nos faz percorrer o mundo em busca da iluminação que Dele provém e que é nossa também. Assim como Dele viemos, um dia, a Ele retornaremos, para, unidos, nos tornarmos unos com Deus.

*****

A única filosofia que continuará a resistir às agressões da vida é a doutrina do amor. Sem ele, somos apenas um punhado de ilusões a perambular, perdidos, pelo mundo. Com ele, encontraremos a verdadeira essência do que nascemos para aprender, viver e ser.

*****

Você sente ciúme, raiva, inveja, vaidade, orgulho? Tudo bem, você não é o único, todo mundo passa pelas mesmas coisas. Mas há uma diferença fundamental entre os que sentem e não fazem nada a respeito e os que, embora sentindo isso e muito mais, lutam para se modificar e vencer a si mesmos. A questão é saber em que grupo você gostaria de estar.

*****

Temos que aprender a nos desvincular dos antigos valores que nos puxam para baixo. A ideia de pecado foi criada pelo ser humano, não é uma concepção da luz divina. Pecado é o mal que habita o coração do homem e envenena sua alma com a falta de amor. O resto é aprendizado.

*****

Em pleno século XXI, não deveríamos mais nos deixar prender por coisas mesquinhas como o preconceito. Ainda hoje, pessoas discriminam pessoas por motivos vários, tais como sexualidade, raça, cor, posição social, aparência física, inteligência e por aí vai. A época é de respeito e aceitação das diferenças. Lembremo-nos de que podemos ser diferentes em nossas escolhas, mas em essência, somos todos iguais.

*****

Não dê ouvidos a fofocas. A maledicência é um vício que deve ser combatido com a indiferença. Quem está acostumado a falar mal gosta de atenção e busca seguidores. Se não alimentarmos a fofoca, ela acabará esmorecendo por falta de repercussão.

*****

Sair do egoísmo é um grande desafio para nós. Nas menores coisas, temos a tendência de nos colocar sempre em primeiro lugar. É claro que devemos pensar em nós primeiramente, mas não exclusivamente. Isso não quer dizer que tenhamos que abrir mão do que desejamos ou nos pertence apenas para favorecer o outro. Ao invés de ajudar, isso pode gerar no outro a ilusão de que ele é único ou mais importante do que tudo, estimulando nele o egoísmo que tentamos combater. O que precisamos é aprender a dosar as coisas e nos desapegar do que não necessitamos mais. Sair do egoísmo, portanto, é saber reconhecer as nossas necessidades sem menosprezar as necessidades alheias que, em suma, são iguaizinhas às nossas.

*****

Tristeza não faz bem a ninguém. Ocultá-la ou disfarçá-la, muito menos. Quando estamos tristes, o melhor é nos permitir sentir. Chorar e desabafar são ótimos recursos para eliminar a tristeza. É preciso deixar de lado o orgulho e pedir ajuda aos amigos. Muitas vezes, perdemos a chance de melhorar porque não queremos “incomodar” ninguém, quando, na verdade, o que tentamos é não demonstrar nossa fragilidade. Não precisamos fazer isso. Saber pedir é tão importante quanto saber doar.

*****

O remédio para todo e qualquer mal é a oração. Não custa dinheiro, não dá trabalho, não exige nenhum esforço. E muito menos é perda de tempo. Uma oração nunca é perdida, e por mais que pensemos que ninguém a ouviu, há sempre um ser de luz que, em algum lugar, a percebeu. Sem contar as energias que se desprendem do astral e se derramam sobre nós. Não é preciso nenhuma fórmula ou palavras bonitas para orar. Basta falar com o coração.

*****

Valorize suas qualidades. Ao invés de só realçar as virtudes do outro, deixe de lado suas imperfeições e concentre-se no que você tem de bom. A tendência de quase todo mundo é se desvalorizar e desistir de seus projetos ou planos simplesmente por achar que não pode ou não sabe fazer direito. Todo mundo tem capacidades, você só precisa confiar mais nas suas. Afinal, o que reconhecemos no outro é o que está em nós, portanto, as mesmas qualidades que você vê no próximo estão dentro de você. Acredite nelas e faça-as aparecer.

*****

Não devemos pensar em obsessores como seres malignos. Eles são apenas espíritos imaturos e iludidos com o poder. Nós os atraímos quando estamos na mesma modulação vibracional que eles, e os repelimos quando vibramos sentimentos elevados. Mas não se trata apenas de repeli-los. Isso é o mais fácil mas é, ao mesmo tempo, falta de amor. Devemos vibrar, sobretudo, o perdão. Eles acham que lhes devemos alguma coisa que nós, lá no fundo, acreditamos dever também. Rezando e desejando-lhes o bem, aos poucos, vamos dissolvendo laços de ódio e inimizade, fazendo cessar as cobranças. No futuro, os que hoje se diziam nossos inimigos estarão ao nosso lado compartilhando laços de amizade e afeto.

*****

Devemos nos esforçar para fazer sempre o melhor que podemos, sem cobranças nem excesso de exigências. Não adianta nos desrespeitarmos para doar mais do que temos ou podemos, se não ficamos bem depois. Nossas atitudes devem ser guiadas pelo amor, não pelo compromisso ou a obrigação. Trabalhar pelo bem comum é uma opção pessoal e uma conquista da alma, não uma imposição do dever. É claro que é válido o trabalho realizado de boa vontade, ainda que por obrigação, mas o benefício, aí, é muito mais para o próximo do que para nós mesmos. E importante é fazermos por nós, porque nos faz bem fazer o bem.

*****

O mundo e, em especial, o nosso país, precisam de honestidade. Pessoas querendo corromper as instituições em benefício próprio estão chegando ao limite da tolerância. Uma reação é urgente, mas não pela violência nem pelo desrespeito. Se somos cidadãos de bem, precisamos agir com dignidade, mostrando que não somos iguais àqueles que se deixam corromper. Podemos reagir enfrentando a corrupção com honestidade, mas não podemos fazer isso se estamos, nós mesmos, comprometidos em nossas ações. A integridade é a melhor resposta à tentativa de suborno. Quanto mais nos aproximarmos da retidão de conduta, mas distantes ficaremos de situações que ponham em prova a nossa honestidade. Se nos acostumarmos a ceder e oferecer propinas, estaremos alimentando o círculo vicioso da corrupção e dificultando o progresso, inclusive o nosso. Mudanças são imperiosas, mas muitas dependem de nós. Façamos a nossa parte, agindo com honestidade em todos os segmentos da vida. E oremos muito, pelo país e pelo planeta, para que alcancemos, juntos, um mundo de paz, respeito e harmonia.

*****

Devemos tomar cuidado para que as formas não prevaleçam sobre o conteúdo. Rituais religiosos são importantes, na medida em que facilitam a conexão com o divino. Mas ritual sem consciência é fórmula vazia que nada transforma. Quanto mais o homem se aproxima da divindade, menos precisa de artifícios. Priorizar a essência sobre a matéria nos torna mais leves e seguros para alcançar a verdadeira iluminação.

*****

Não existe uma escala de valor quando se trata de ajudar o próximo. Dar dinheiro não é menos nem mais importante do que cuidar dos enfermos ou dizer uma palavra amiga. O que favorece a caridade não é a quantidade nem a qualidade do que se doa, mas o envolvimento de quem a faz. A maior caridade é aquela que vem do coração, do amor. Cada um dá o que tem, não importa o que seja, desde que o faça de boa vontade. Essa, sim, é a verdadeira caridade.

*****

Temos que saber lidar com as nossas frustrações. É impossível passar pela vida sem decepções ou tristezas, isso faz parte do crescimento humano. O que precisamos é saber como reagir diante dessas situações. Podemos nos deixar abater pelo desânimo ou aprender com os desapontamentos da vida. Quanto mais conscientes, mais preparados estamos para enfrentar as desilusões. Isso não acontece de uma hora para outra, mas vivendo. Quem tem medo de experienciar a vida perde a oportunidade de amadurecer.

*****

Quando se fala na possibilidade de um novo planeta se aproximar da Terra para atrair os espíritos que ainda não conseguiram se modificar, isso não quer dizer que esse planeta será físico. Na verdade, creio que será um planeta astral, invisível e imperceptível ao olhar humano comum. Passando por aqui, irá magnetizar seres desencarnados que perderam a sintonia com o nosso planeta, ou seja, estarão numa onda vibracional inferior àquela que a Terra está alcançando. Magnetizados, esses espíritos seguirão até um novo mundo físico, seja lá onde ele estiver, nessa galáxia ou em outra. Ali, darão início a uma nova civilização, desde seus primórdios, ajudando a impulsionar o progresso. Muitos não acreditam nisso, e devemos respeitá-los. Afinal, não há nenhuma evidência material desses fatos. Tudo é uma questão de fé. Para os que creem, fica a sugestão: essa é a hora da transformação interior, da pulverização de nossas tendências daninhas para florescimento do bem que existe em cada um de nós.

*****

Sempre que possível, converse com a natureza. Silencie por um minuto e preste atenção aos sons que o cercam. O trinado dos pássaros, o farfalhar das folhas, o uivo do vento, as ondas do mar… Tudo isso são tons variados de uma mesma voz, que é a de Deus. Interiorizar essa voz é deixar soar no coração a paz que ainda existe no mundo. E não se esqueça de dar a sua resposta. Responda à vida com gestos de simpatia, delicadeza e alegria. Só assim as coisas simples da natureza não deixarão de ter sentido, vibrando intensamente em equilíbrio e amor.

*****

Não precisamos brigar com a vaidade. Ela não é assim tão daninha como dizem que é. Vaidade é reconhecimento do valor próprio e da autoestima. Saber reconhecer seus próprios valores não é fácil, porque fomos acostumados a uma humildade implacável que nos faz desmerecer tudo o que fazemos. E quando nos orgulhamos de nossas obras, sempre pensamos que estamos sendo arrogantes. Mas não é nada disso, não precisa ser assim. A vaidade pode ser útil, desde que não vire ostentação nem nos faça pensar que somos melhores do que todo mundo. O fato de sermos bons em alguma coisa não significa que outros também não possam ser. Somente reconhecendo nosso valor é que estamos aptos a desenvolver nossas qualidades em benefício de todos.

*****

Quando alguém o tratar mal ou agredir, não guarde rancor. A raiva que vier na hora, espere passar. Pense que o problema do outro é algo que a ele pertence e não tem nada a ver com você. Na maioria das vezes, não tem mesmo. O outro apenas está reagindo a uma situação da vida da forma como ele sabe e pode ser que nem tenha se dado conta de que o agrediu. Não guarde ressentimentos. Perdoe.

*****

Ninguém é perfeito. Eu também não sou, mas estou tentando me modificar. Acho que é o que cada um deveria fazer, ao invés de criticar a imperfeição do próximo.

*****

Nem tudo na vida é fácil, mas nada é impossível. Quanto mais repetirmos que uma coisa é difícil, mais distante de nós ela estará. Isso não quer dizer que consigamos tudo o que queremos só porque queremos. É preciso esforço e confiança, aliados à firmeza de vontade. O que não podemos é simplesmente desistir ou nem tentar. Pode ser que no começo a dificuldade seja muito grande, mas à medida que formos insistindo, mais nos aproximaremos da vitória. Pensemos que, a cada passo do caminho, o caminho se torna menor.

*****

Todo mundo sabe que há muitos carros na rua. Neles, várias pessoas com pensamentos diversos, sentimentos variados e, o principal, estágios de moral distintos. Não espere que o outro tenha respeito por você. Você é que deve respeitá-lo em primeiro lugar. É um exercício diário e incessante, porque as agressões no trânsito são muitas, mas o trânsito não devia ser um lugar de violência nem válvula de escape das frustrações. Aqueles que primeiro compreendem são os que devem dar o primeiro passo na direção do entendimento. Por isso, se você chegou ao ponto em que consegue discernir o certo do errado, tente deixar de lado o orgulho e aprenda a ceder. Não é fácil, mas também não é impossível. Alguém precisa ter coragem e começar.

*****

Somos todos iguais em importância. Não existem pessoas mais ou menos especiais do que outras. Por isso, devemos nos valorizar acima de tudo, sem desmerecer o valor do próximo, da mesma forma como temos que pensar no outro sem esquecer de nós mesmos.

*****

Toda forma de amar é legítima. Apenas existem algumas que possuem mais sutileza do que outras. O amor genuíno liberta, compreende, perdoa. Fora disso, pode ser que exista, mas está ainda muito impregnado das interferências do mundo para se dizer amor de verdade. Tudo é válido, são experiências que nos fazem crescer e nos aproximam da essência mais perfeita do amor. Mas somente quando sentimos com o coração, livres de posse, ciúmes e apego, é que estamos prontos para compreender o real significado de amar.

*****

Nós não precisamos exigir de nós mesmos nada além das nossas capacidades. É claro que devemos tentar acertar o máximo possível, mas não podemos nos punir quando escorregamos ou caímos. Importante não é fazer tudo direito; é nunca desistir de tentar melhorar. Assim como somos falíveis, temos o poder de autorregeneração.

Comentários dos usuários(0):(incluir comentario)

Ainda não há comentários

Comentar: